Escolha do bioestimulador – Dra. Lívia Carvalho

Escolha do bioestimulador

Com a preocupação em obter uma pele sempre saudável, jovem, bonita e se livrar das rugas é comum a utilização de cremes e outros produtos. Porém, vale lembrar que com a idade é natural um afinamento da pele e que se torne menos elástica, o que faz com que as linhas de expressão começam a aparecer. Na maioria das vezes, o motivo está na queda da produção de colágeno que acontece gradativamente a partir dos 25 anos. 

Mas, não precisa desesperar, visto que a tecnologia evoluiu muito. Atualmente podemos contar uma série de métodos para estimular a produção dessa proteína e, combater os efeitos do envelhecimento. Entre eles, estão os bioestimuladores de colágeno. 

  • O que são os bioestimuladores de colágeno e como eles agem?

Os bioestimuladores de colágeno são substâncias injetáveis que visam proporcionar uma leve reação inflamatória nas regiões mais profundas da derme. É essa reação que estimula os fibroblastos na produção de novas fibras de colágeno, o que auxilia na melhora da firmeza e sustentação da pele.

  • Quais são os principais  bioestimuladores de colágeno?

Podemos citar três principais tipos de bioestimuladores. Veja:

1 – Sculptra®: ácido poliláctico

É o ácido poliláctico mais utilizado para a bioestimulação de colágeno. Ao compararmos com os outros, podemos dizer que ele gera menos volume no local aplicado. Isso quer dizer que ele estimula o colágeno sem atuar como preenchedor. Su duração é de 2 anos e pode ser utilizada em protocolos faciais e corporais para redefinir o contorno, combatendo a flacidez de forma gradual e progressiva.

2 – Radiesse®: hidroxiapatita de cálcio

Estimula o colágeno no organismo e também atua como preenchedor, ocasionando uma volumização na região aplicada, tanto em protocolos faciais quanto corporais. Em alguns casos, pode até substituir o ácido hialurônico, substância mais indicada para tratamento de preenchimento facial, por exemplo. Sua duração também é de em média 2 anos.

3 – Ellansé®: coprolactona

Sendo o mais recente entre os acima, ele está disponível no Brasil desde 2018. Comparado com as três opções, ele é o que mais preenche. Em alguns casos a sua utilização pode preencher até 30% mais do que o próprio ácido hialurônico, podendo ser utilizado em locais que se tenha a pretensão de recuperar o volume perdido, como na face. Além disso, o Ellansé® tem a vantagem de poder estimular o colágeno pelo dobro de tempo que os outros, chegando a durar 2, 3 ou 4 anos.

  • Qual bioestimulador de colágeno escolher?

Como descrevemos nos tópicos anteriores, cada um possui uma indicação mais específica, que vai desde recuperar a firmeza da pele à volumização de regiões com perda de gordura. Por isso, é fundamental uma avaliação médica, com um profissional capacitado, para  indicação do ideal para o seu caso, frequência e área que deve ser aplicado. 

Ficou com alguma dúvida? Quer saber mais? Continue acompanhando o blog. 

Open chat
Precisa de ajuda?